A importância de se aceitar! por Mayara Diniz - 15/12/2017
caret icon
BUSCAR

Vou contar uma história de aceitação para você e essa história é minha mesma. Eu sempre cuidei muito do meu[...]

 

Por Mayara Diniz
  • Amei Amei
    Amei 0
  • Incrível Incrível
    Incrível 0
  • Hahaha Hahaha
    Hahaha 0
  • Curti Curti
    Curti 0
  • Chorei Chorei
    Chorei 0
  • Não gostei Não gostei
    Não gostei 0
  • Odiei Odiei
    Odiei 0

Vou contar uma história de aceitação para você e essa história é minha mesma.

Eu sempre cuidei muito do meu cabelo e achei que mulher só era bonita com os cabelos cumpridos, achava que os cabelos longos eram responsáveis por deixar a mulher mais feminina, mais sexy e mais bonita.

Então você pode imaginar o meu desespero quando eu tive um corte químico a dois meses atrás, eu me desesperei. Pensei em colocar alongamento, usar tranças, pensei em várias alternativas para continuar o cabelo longo e “feminino” que eu sempre gostei.

Porém mesmo estando convicta que o cabelo curto me deixaria feia, eu comecei a buscar no Google mulheres de cabelo curto, e aos poucos fui achando elas bonitas, femininas, maravilhosas e muito seguras.

Foi aí que eu comecei a perceber que a beleza de uma mulher não depende somente do cabelo longo, unhas pintadas ou salto alto, a beleza de uma mulher vem de dentro, da sua própria essência.

Então aos poucos eu fui me acostumando com a ideia de que eu também poderia ser bonita de cabelo curto, até que no dia 1 de agosto de 2017 eu resolvi cortar o cabelo.

Não foi fácil tomar essa decisão, eu chorei quando me olhei no espelho a primeira vez e me vi de cabelo curto.

Mas depois foi maravilhoso, saber que eu superei algo que eu achava que era feio, hoje eu me olho no espelho e me aceito com o meu cabelo curtinho e me amo.

Lute contra estereótipos 

A aceitação é uma tarefa diária, é algo que tem que ser trabalhado, você tem que lutar contra os seus medos, preconceitos e muitas vezes até traumas.

As vezes achamos que o correto é ser igual a maioria, mas você já parou para pensar que ser do seu jeito, com as suas diferenças é muito mais autêntico?  Pense nisso, e caso tenha algo que você não aceite em você mesmo, procure aceitar aos poucos que quando você perceber já vai ter vencido essa batalha.

Por Mayara Diniz
Por Mayara Diniz

POSTS RELACIONADOS

ASSINE A #POWERNEWS

QUER PARTICIPAR

DA REDE

SOUL POWER?

Sabia que você pode enviar seus tutoriais, vídeos e textos para serem publicados aqui no blog?

Basta clicar no botão ao lado e completar algumas tarefas. Assim, você poderá ajudar várias cabeças feitas a entenderem mais sobre o universo dos cabelos ondulados, cacheados e crespos. Aceita o desafio?
FAZER PARTE